27 de setembro de 2011

Carboidrato à noite, pode?

Uma das dúvidas mais frequêntes em um consultório é a seguinte: "Comer carboidrato a noite engorda?". Não só pode como deve!

Os tão temidos carboidratos são fundamentais para o funcionamento do nosso cérebro, são eles de dão disposição para as atividades de seu dia-a-dia. De forma geral, 50 a 60% do total de calorias de nossa alimentação devem ser de energia vinda deles, o restante são provenientes de proteínas e gorduras. 

Os pontos que devem ser questionados é a quantidade que está sendo consumida e o tipo de carboidrato. Quando se consome uma quantidade de carboidratos maior do que o corpo precisa, ele irá ser armazenado em forma de gordura, por isso  também que as refeições devem ser fracionadas em torno de 5 a 6 refeições ao dia e em todas ter alguma fontes de carboidratos.
O consumo de carboidratos complexos (integrais) ou o consumo de hortaliças nesse período do dia auxilia no controle da fome, pois ela irá demorar mais a aparecer devido as fibras que fazem com que a glicemia aumente mais lentamente.

Durante a noite o metabolismo diminui e por isso não devemos comer em grande quantidade, porém a refeição deve conter todos os nutrientes. Caso o consumo de carboidratos esteja abaixo do adequado, seu corpo poderá usar outra fonte de energia.

Os carboidratos não devem ser os culpados isoladamente pelo ganho de peso, a alimentação deve ser analisada como um todo e equilibrada em nutrientes em todos os horários.

Dicas importantes:
- Faça mais refeições durante o dia (a cada 3 horas) para não exagerar no jantar;
- Inclua alimentos integrais nas refeições noturnas;